COMPARTILHAR
Anúncios Google
CAMPOS DAS VERTENTES: TRILHAS E CACHOEIRAS
Anúncios Google
 

ver_arr_01Céu azul, serras e montanhas. A paisagem verdejante dos Campos das Vertentes oferece variados passeios ao ar livre. Em Tiradentes, trilhas e cachoeiras desvendam o mistério da imponente Serra de São José. Sólida, compacta, cor de chumbo.

Do alto da Cachoeira do Bom Despacho avista-se a Maria Fumaça, trazendo passageiros de São João del-Rei. Mais acima, outra trilha leva à Cachoeira do Mangue e, depois, ao Balneário das Águas Santas em calçada feita por escravos, dizem. Fontes subterrâneas jorram água mineral em carrancas de pedra-sabão. Neste paraíso, lazer e natureza se harmonizam.

ver_arr_02Por outras montanhas chega-se às cachoeiras do Quatorze e do Urubu. No caminho, a Casa de Pedra revela curiosas formações rochosas, como a pedra da índia. A Serra do Lenheiro atrai montanhistas, que desafiam alturas escalando rochedos a céu aberto.

De Prados aventureiros partem em piquenique festivo todo julho no outro lado da Serra de São José, com direito a água de bica e banda de música.

ver_arr_03E a bucólica estrada de Ritápolis refaz os passos da história. Na antiga Fazenda do Pombal, banhada pelo caudaloso rio das Mortes, nasceu o herói nacional Tiradentes.

Vários caminhos descrevem a região. O céu, as serras e a paisagem bucólica desenham trilhas. Trilhas levam às cachoeiras, que imprimem novos caminhos em pedra e água. E delas parte-se novamente. Outros céus, outros verdes, novas direções são descobertas. A paisagem nunca se repete.

ver_arr_04Da estrada velha, que liga Tiradentes à São João del-Rei, avista-se a Cachoeira do Bom Despacho, um extenso filete de água que escorre da Serra de São José. Ao longo da cachoeira, pequenas cascatas vão formando poços naturais, que convidam para um banho refrescante.

Maria Fumaça

ver_arr_05O passeio de Maria Fumaça liga São João del-Rei à Tiradentes. O percurso é feito em locomotiva e vagões antigos, trazendo à memória dos passageiros costumes do século passado. Em boa parte da viagem é possível avistar o leito sinuoso do Rio das Mortes. Entre abril e maio a paisagem enfeita-se de delicadas flores campestres.

Casa de Pedra

ver_arr_07Um conjunto de formações rochosas simula surpreendentes cavernas, galerias e salões, que se assemelham ao interior de uma construção antiga. A pequena abertura convida para um passeio instigante. Atrás desta formação rochosa, surgem outras com amplos salões e galerias. Lado a lado, os rochedos vão formando salões de pedra a céu descoberto. Outros espaços desenham recortes de luz e sombra, revelando formas e cores surpreendentes.

ver_arr_09   ver_arr_08

Balneário das Águas Santas

Nome originário de uma lenda que durante a construção das calçadas, os escravos machucavam muito e seus ferimentos eram lavados e curados pelas fontes naturais que existem neste local.  São águas que jorram de fontes magnesianas e radioativas e que possuem propriedades medicinais e que são usadas para vários tratamentos de enfermidades.
Tradicional área de lazer da região, o balneário possui uma boa infra estrutura, minas subterrâneas de água mineral com temperatura de 27,5ºC, que abastecem piscinas, duchas e chafarizes. Tem, ainda, um grande lago com pedalinhos, campo, quadras esportivas, playground e grande área verde para churrasco e piquenique, banheiros, bar e restaurante.

Localização: Avenida Presidente Castelo Branco, s/nº – Águas Santas
Telefone: (32) 3371 7154
Ingresso: crianças até 4 anos e adultos acima de 80 anos – entrada gratuita;
R$ 7,00 para crianças entre 5 e 11 anos; R$ 15,00 para pessoas entre 12 e 64 anos e R$ 7,00 para pessoas de 65 a 79 anos.
Visitação: De segunda a domingo, de 08:00 às 17:00hs.
Site: http://balnearioaguassantas.com.br

Montanhismo

ver_arr_10Na Serra do Lenheiro, montanhistas do 11º Batalhão de Infantaria de Montanha desafiam alturas e ganham a amplidão dos ares, saltando de um maciço de rochedos com o auxílio de cordas e outros equipamentos de segurança.

 

 

Passeio à Serra de São José

ver_arr_11O tradicional passeio ecológico à Serra de São José reúne boa parte da comunidade de Prados, inclusive conterrâneos ausentes que aproveitam para matar a saudade da pacata cidade.

 

 

Fazenda Pombal – Berço da Inconfidência Mineira

ver_arr_12Considerada patrimônio histórico nacional.
Aqui, a história é apenas registro. Na antiga Fazenda do Pombal nasceu Joaquim José da Silva Xavier, no ano de 1746, o Tiradentes. O herói nacional que lutou pela liberdade do Brasil. A fazenda situa-se na cidade de Ritápolis e tem um memorial do principal símbolo da Inconsfidência Mineira onde foram afixadas placas em um fotem de pedras, principalmente as que lembram o bicentenário de sua morte.
A fazenda é considerada uma reserva ecológica, localizada em uma área com cerca de 90 hectares de mata atlântica e cerrado e é administrada Pelo ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Neste local funciona a Flona – Floresta Nacional, criada em 1999. A área é coberta por vegetação natural e que tem como principal objetivo, refúgio da vida animal, proteção da flora e da fauna e dos mananciais hídricos.
A Fazenda Pombal, foi tombada pelo IPHAN em 1971 – Livro do Tombo Arqueológico, Etnográfico e Paisagístico e em andamento está a criação de um Memorial, em homenagem a Tiradentes.
Na Fazenda Pombal possui viveiros de plantas com vendas de mudas, de mel e propólis, casa para hóspedes e tem caminhada ecológico que é feita com guias. O passeio é bastante agradável, com a estrada de acesso, margeando o Rio das Mortes.

Localização: BR-494 (Tomar a estrada para Ritápolis, andar 5 quilômetros, entrar à direita em estrada não pavimentada e andar mais 4 quilômetros)
Telefone: (32)3356 1264
Ingresso: Não é cobrado
Funcionamento: De segunda a sexta, de 07:00 às 11:00hs. e de 12:00 às 16:00hs.

ver_arr_13   ver_arr_14

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *