Cidades Históricas Brasileiras Ciclope LTDA
 Home > São Luiz do Paraitinga
notícias e boletim entre em contato Ciclope.art.br Sertoes.art.br


FESTA DO DIVINO ESPÍRITO SANTO

Moçambique de São Benedito de Aparecida do Norte
O Divino em São Luiz do Paraitinga é festejado desde, pelo menos, começo do século XIX.
É a festa mais tradicional e importante da cidade, nas palavras de seus próprios moradores. Durante os dias de festa do Divino a cidade pára, o centro histórico fica interditado para automóveis, e pessoas de todas as cidades da região vêm até São Luís para rezar, pedir bênçãos, pagar promessas e acompanhar a procissão do Divino.

Grupos de danças como Congadas e Moçambiques de Taubaté, Lorena, São José dos Campos, Aparecida do Norte e Natividade da Serra marcam presença na festa com seus grupos folclóricos, suas bandeiras, tambores e embaixadas enfeitadas com as cores de suas devoções.

Congada reunida em frente à Prefeitura

Os festejos nas ruas (todas as referências acima) duram todos os dez dias da Festa do Divino, mas são especialmente marcantes nos dois últimos, Sábado e Domingo. Neste fim de semana a praça Dr. Oswaldo Cruz, no centro, fica repleta de grupos de dança e congadas que tocam e cantam o dia inteiro.

A Festa do Divino Espírito Santo é uma comemoração da religiosidade popular brasileira, uma tradição trazida pelos portugueses e aqui praticada desde há muito tempo em várias cidades diferentes, principalmente no sudeste e centro-oeste do Brasil. A Igreja católica oficial, vez por outra, trava com a Festa do Divino uma queda de braço na disputa por fiéis.
Congadas reunidas no centro
Porque a Festa possui várias comemorações diferentes, e nem todas elas precisam da presença ou da participação do padre. Por outro lado, diversos padres em diferentes momentos têm manifestado resistência às comemorações dos santos negros (São Benedito e Nossa Senhora do Rosário) que acompanham o Divino. As congadas de São Benedito e N.S. do Rosário são das mais animadas, durante a Festa.As cavalhadas também são importantes nas Festas do Divino. Em São Luiz do Paraitinga elas são corridas em um campo de futebol, com uma pequena arquibancada, onde os espectadores ficam. As cavalhadas são dramatizações de uma batalha a cavalo que teria acontecido na Europa, entre os cruzados medievais e os mouros ibéricos. Acontecem no Domingo último. Em Pirenópolis, Goiás, as cavalhadas são tão importantes que duram até a Terça-feira. 
Congada reunida em frente à Prefeitura


Por fim, a Festa do Divino, vale dizer, é uma comemoração ligada à sazonalidade do universo rural brasileiro. Junho, data da festa, marca não só os festejos do dia de Pentecostes como também é uma época do ano importante, de semeadura, na lavoura do feijão. Tem poucas chuvas, o que é importante para o sucesso dos festejos a céu aberto. Durante a festa são pedidas muitas graças e bênçãos aos santos ligadas ao sucesso no trabalho com a terra e com a lavoura.

História, Arte e Cultura
.
História
Monumentos
Festa do Divino
.
.
 
Mapas
.
Arredores
Brasil
 
.
 
topo da página
voltar

Busca
Google
Web Neste site
Anuncie
Anuncie seus serviços ou seu estabelecimento nas páginas do Cidades Históricas Brasileiras e seja visto por todos os nossos visitantes.

Clique aqui para maiores detalhes.
Participe
O que anda acontecendo em sua cidade? Há alguma festa marcada para o próximo mês? Deixe aqui a sua dica e contribua na divulgação do evento: ela poderá ser incluída em nossa agenda mensal.

Clique aqui para deixar seu recado.
Sobre este site
Cidades Históricas Brasileiras é um projeto da Ciclope - Arte e publicações em meios digitais.



 

créditos fontes ajuda mapa do site