Cidades Históricas Brasileiras Ciclope LTDA
 Home > Paraty
notícias e boletim entre em contato Ciclope.art.br Sertoes.art.br



MONUMENTOS RELIGIOSOS


Matriz de Nossa Senhora dos Remédios


A Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, centro das atividades religiosas e culturais de Paraty, impressiona pelo seu porte monumental. A edificação atual é a terceira erigida no local dedicada à padroeira da cidade.

Sua construção arrastou-se por 86 anos (1787-1873) e custou muito dinheiro ao povo de Paraty. Ficou inacabada, como evidenciam as torres, de tamanho desproporcional ao restante da edificação.

O declínio da economia, ocasionado pelo fim do ciclo do ouro, é uma das explicações para a igreja ter ficado inacabada. Outra hipótese relaciona-se com o peso excessivo do frontispício, que se inclinou para frente, ameaçando a construção.

Localização: Praça da Matriz ou Praça Monsenhor Hélio Pires. (ver no mapa)
Visitação: Segundas, quartas, sextas, sábados e domingos, das 8h às 12h e 14h às 17h.
 

topo da página

Igreja de Santa Rita


A Igreja de Santa Rita foi construída provavelmente em 1722, pelos homens pardos alforriados com a ajuda de devotos brancos. Durante muito tempo, foi usada pela elite branca da cidade em substituição à Matriz de N. Sra. dos Remédios.

É o mais antigo templo de Paraty. Sua fachada é típica das igrejas jesuítas, com três janelas no coro, uma porta e frontão curvilíneo. Encimando a torre do campanário há um galo de grimpa - um catavento - em cobre.

O altar -mor, em talha policromada, é ladeado por colunas torsas com seus sulcos preenchidos por ornamentos fitomorfos.

Atualmente a igreja abriga o Museu de Arte Sacra de Paraty, criado em 1973 e administrado pelo IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. No seu acervo estão imagens e pratarias dos séculos XVII, XVIII e XIX pertencentes às confrarias religiosas da cidade.

Localização: Largo de Santa Rita, próximo ao cais. (ver no mapa)
Visitação: Quarta-feira a domingo, das 10h às 12h e 14h às 17h.
 

topo da página

Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito começou a ser construída em 1725 pelos irmãos Manuel e Pedro Ferreira dos Santos com a ajuda de todos os escravos. Por isso, ela era considerada a igreja dos pretos de Paraty.

A fachada é do mesmo tipo das capelas mineiras do século XVIII, com uma porta e duas janelas no coro. O frontão triangular, com um óculo, é encimado por uma cruz.

Em 1757 foi totalmente reedificada. No final do século XIX a igreja ganhou uma torre sineira.

O conjunto dos altares laterais é a mais importante talha das igrejas de Paraty.

 
Localização:
Rua Tenente Francisco Antônio ou Rua do Comércio no entroncamento com a rua Samuel Costa. (ver no mapa)
Visitação: Geralmente a igreja é aberta todos os dias, das 13h às 17h, por uma das senhoras da comunidade.
 
topo da página

Igreja de Nossa Senhora das Dores


A Capela de Nossa Senhora das Dores começou a ser construída em 1800 pelo Padre Antônio Xavier da Silva Braga, com a ajuda de alguns devotos. Foi a igreja freqüentada pela elite branca de Paraty.

Em 1901, a igreja foi reformada pelo Pe. João Cesar Tera. No mesmo ano, foi fundada a Irmandade de N. Sra. das Dores, constituída só por mulheres. A irmandade cuidava da igreja e era a responsável pelas festas do Ciclo da Páscoa.

No interior destaca-se a delicadeza do rendilhado em madeira nas sacadas e no coro.


Localização: Rua Fresca, esquina com o Beco da Capela. (ver no mapa)
Visitação: Quinta-feira, das 8h às 12h e 14h às 17h.

topo da página

Passos da Paixão


Os Passos - altares públicos incrustados nas fachadas de casas ou igrejas - eram usados na Procissão dos Passos da Paixão de Cristo, na Sexta-Feira Santa. Cada um dos Passos representava um momento da Paixão de Cristo. A procissão pára em todos eles, fazendo orações.

Dos seis Passos que originalmente existiam em Paraty restam apenas três, sendo dois deles originais.


Localização:
Rua do Comércio (2); Rua Santa Rita.

topo da página

Capela da Generosa


Segundo a lenda, a singela Capela da Generosa foi construída em 1901 por ordem de Dona Generosa, em memória do negro Teodoro.Teodoro teria morrido afogado nas águas do rio Perequê-Açu quando tentava pescar numa Sexta-Feira Santa, contrariando a tradição - que não recomendava a pesca neste dia.


Localização: Beco do Propósito, próximo às margens do rio Perequê-Açu. (ver no mapa)

topo da página


Igreja Nossa Senhora da Conceição


A Igreja de Nossa Senhora da Conceição começou a ser construída em 1720. Mais tarde foi reedificada, sendo concluída em 1746.

Construído em pedra e cal, o templo apresenta linhas simples. Na sua fachada, com duas janelas no coro e porta com moldura em cantaria, destaca-se o nicho destinado ao sino, junto a um dos cunhais. O interior é singelo.

O retábulo, com seu dossel e sanefas recortadas na madeira, guarda semelhança com os Passos da Paixão de Paraty. No alto, a silhueta de um par de anjos.


Localização: Paraty-Mirim - (ver no mapa)


História, Arte e Cultura
.
História
Monumentos Civis
Monumentos Religiosos
  Matriz de N. Sra. dos Remédios
Igreja de Santa Rita

Igreja de N. Sra. do Rosário e S. Benedito
Igreja de N. Sra. das Dores
Passos da Paixão
Capela da Generosa
Ig. N. Sra. Conceição
.
Arte
Artesanato
.
Mapas
.
Centro Histórico  
Arredores

Brasil

topo da página
voltar

Busca
Google
Web Neste site
Anuncie
Anuncie seus serviços ou seu estabelecimento nas páginas do Cidades Históricas Brasileiras e seja visto por todos os nossos visitantes.

Clique aqui para maiores detalhes.
Participe
O que anda acontecendo em sua cidade? Há alguma festa marcada para o próximo mês? Deixe aqui a sua dica e contribua na divulgação do evento: ela poderá ser incluída em nossa agenda mensal.

Clique aqui para deixar seu recado.
Sobre este site
Cidades Históricas Brasileiras é um projeto da Ciclope - Arte e publicações em meios digitais.



 

créditos fontes ajuda mapa do site