3 Melhores Livros que Contam Historias Cristãs

O mundo cristão dispõe de muito material de qualidade, mas no que se diz respeito a ser fiel às histórias, por vezes a literatura pode sobrepor os fatos. Mas ainda sim, existem diversos títulos que contam tramas cristãs muito interessantes e com certeza devem estar na prateleira deste público. Você sabe quais são estes títulos? Veja a seguir os 3 melhores livros que contam histórias cristãs e conheça um pouco sobre cada um deles.

A literatura traz muito conhecimento e para quem acha que ela é direcionada para um público exclusivo, se engana. Existem muitos autores cristão que trazem em suas obras experiências de vida e grande ensinamento cristão. Vale a pena conferir quais são!

O Peregrino – John Bunyan

Esta é um obra que não pode deixar de fazer parte da biblioteca de um cristão, isto porque, O Peregrino é uma das maiores obras de ficção do cristianismo. Escrita no século 17, a obra conta a história do Peregrino, que se encontra em uma situação espiritual crítica e está se dirigindo à Cidade Celestial.

A trama retrata a trajetória cristã de forma muito criativa e com ensinamentos profundos que podem ser levados para vida toda. Durante o contexto, podemos contemplar erros e acertos do personagem e comparar com as nossas próprias realidades. Quem tem a oportunidade de ler este livro de John Bunyan, irá adquirir grande conhecimento e verdades espirituais. Vale a pena conferir!

O evangelho maltrapilho – Brennan Manning

O Evangelho Maltrapilho é uma obra de Brennan Manning e está presente na lista de leitura de muitos apreciadores deste tipo de leitura. E é possível afirmar que a fama do livro não é à toa! O Evangelho Maltrapilho tem uma escrita direcionada a pessoas que se encontram em momentos difíceis de sua vidas.

O livro é muito provocante e inspirador, trazendo o poder do amor de Deus e o poder da graça divina. A obra de Brennan Manning tem palavras fortes e promete conforto aos seus leitores.

Perseguidos – O ataque global aos cristãos – Paul Marshall, Lela Gilbert e Nina Shea

Outra obra que vale a pena ser mencionada mas que tem uma proposta um pouco diferente das que já foram mencionadas, é o livro Perseguidos, escrito por vários autores. A trama é resultado de um estudo muito profundo a fim de relatar diversas práticas negativas cometidas contra o povo cristão.

O intuito do livro é despertar o respeito pela crença cristã através do relato de preconceitos, violência e injustiças cometidas com diversos cristãos ao redor do mundo.


10 coisas que você não sabia sobre o Teleton

Praticar o bem pode ser uma atitude muito significativa tanto para você quanto para outras pessoas. Mas é difícil levar atitudes positivas para áreas que você não conhece, então por que não se informar mais afundo sobre as causas que estão acontecendo perto de você? E para disseminar a ideia, vamos apresentar agora 10 coisas que você não sabia sobre o Teleton:

1. O Teleton não é originalmente brasileiro. Na verdade, o programa foi inspirado em uma outra iniciativa norte-americana qyue possuía objetivos semelhantes. A ideia inicial surgiu em 1954 e vem desde então, sendo representada em outras localidades.

2. Existe uma grande equipe trabalhando para que o evento aconteça. Você pode até achar que essa é uma informação meio óbvia, mas quando vamos para os números em si, vemos que é realmente surpreendente. Cerca de 870 pessoas compõem a platéia, enquanto uma equipe com pouco mais de 36 pessoas trabalha durante meses para que a edição do evento ocorra.

3. O Teleton é a maior transmissão ao vivo da história da televisão brasileiro. Isso mesmo! O evento dura mais de 25 horas, o que é um recorde de transmissão para a TV brasileira. Vale mencionar que o SBT disponibiliza meios para que o mesmo aconteça.

4. A inciativa tem padrinhos famosos. Assim como todas as propostas que surgem para arrecadar fundos com um objetivo maior, o Teleton possui um padrinho e uma madrinha de criação, que foram o cantor Daniel e a apresentado Hebe Camargo.

5. O programa já arrecadou R$31.173.920,00 em um só ano. Essa é uma curiosidade bem interessante, pois a principal proposta é não só disseminar a ideia de praticar o bem, como arrecadar fundos para auxiliar as pessoas participantes. O recorde foi alcançado no ano de 2015.

6. Mais de 7 mil artistas já passaram pelo palco do Teleton. O programa, com certeza, desperta o melhor das pessoas e já trouxe para o palco diversos artistas fazendo as coisas mais inusitadas que você possa imaginar!

7. O Teleton já proporcionou um campeonato histórico entre os artistas do SBT e os artistas da Record. Essa edição aconteceu em 2003 e ficou conhecida como “Curtindo uma Viagem”.

8. O programa também conta com artistas internacionais. E vale a pena mencionar que o apoio vem de todas as formas, tanto doando como incentivando o pessoal a doar, assim como fez o cantor Justin Bieber.

9. O apresentador Silvio Santos esteve presente em todas as edições. Como sabemos, Silvio Santos é o dono da emissora SBT e por isso, faz questão de estar envolvido em todas as edições do Teleton.

10. Eike Batista já doou R$ 3 milhões pelo telefone. Quando estava em seu auge financeiro, Eike doou o valor surpreendente de R$ 3 milhões, o que fez a apresentadora Hebe ter uma reação bem engraçada no palco.